domingo, 10 de janeiro de 2010

PORANGATU CONTRA A DENGUE

A Câmara de vereadores foi parceira de um grande mutirão que aconteceu, sábado(9), na cidade de Porangatu. Participaram ainda, representantes do governo municipal, saúde pública, defesa civil, corpo de bombeiros, sociedade organizada e voluntários.
O arrastão, contra dengue, vistoriou casas e especialmente terrenos baldios, para localizar e destruir possíveis criatórios do mosquito aedes aegÿpti, transmissor do vírus da dengue.
Para levar à frente esse mutirão, a cidade foi dividida em 04 equipes, todos sob estrito regime de coordenação compartilhada, que foram visitados por voluntários devidamente identificados, em busca de receptáculos em que o mosquito possa depositar seus ovos. “Nosso alvo é a conscientização, para quem o próprio cidadão pode e deve dar a sua colaboração, neste momento”. Explica o Presidente da Câmara de Vereadores, Genilto Carlos(PSB).
O Vereador Pedro Almeida(PSC),lembrou que “cada um pode estar salvando uma vida, ao contribuir para impedir o avanço da dengue em Porangatu, todo mundo agindo junto para combater a dengue,lembrando que a dengue é perigosa e pode matar”.
Também, atuo em uma das frentes de apoio deste mutirão o vereador Silvestre Leal (PMDB).

TEATRO NA CAMPANHA CONTRA O MOSQUITO

A cultura é um dos instrumento utilizado para vencer a luta contra o mosquito da dengue. Através de apresentação teatral, os agentes de Saúde, Marcio Arruda e Alirio Rocha, em trabalho voluntário, estão apresentando, a peça, “Romão o Surjam”. As apresentações estão sendo realizadas em escolas, universidade, igrejas e nos bairros de Porangatu.
Sexta-feira(8), os atores, apresentaram a peça no rua Cobiniano Rodrigues Teles(conhecida Mauá), Setor São Francisco. O Presidente da Câmara Municipal, Genilto Carlos(PSB),acompanhado dos vereadores,Pedro Almeida(PSC),Silvestre Leal(PMDB) e assessora do Vereador Tunico da Ambulância(PSB), Adriene Gomide.
Essa iniciativa é apoiada pela Câmara de vereadores, que entende ações culturais e educativas para conscientizar a população sobre os riscos da doença e a necessidade de combate ao Aedes aegypti.
“A ideia é usar a arte para levar a mensagem sobre as formas de combater o vetor e de conter a dengue, mas também queremos criar na população a cultura de adotar, não só no verão, mas durante todo o ano, certas providências para proteger suas casas e a comunidade” lembra, o vereador Silvestre(PMDB).