quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

É preciso pensar no Poranfolia/2010.

Faz algum tempo que venho percebendo que o nosso carnaval vem perdendo sua essência. Ultimamente vem se transformando numa feira livre com palco e som. Neste ano tive a oportunidade de estar a trabalho na cidade tocantinense de Paranã, lá percebi que nós estamos precisando introduzir a folia de momo numa festa popular e cultural, deixando de vez de ser só negócio de alguns.

Sondei nesta quinta-feira (26), os comentários sobre o carnaval de Porangatu e todos são unânimes em dizer, não é o que era, proposto pelos jovens dos anos 80 que formaram os blocos Mata Cobras e Jibóias. Provavelmente muitos dos jovens e os novos porangatuenses não sabem a origem do carnaval de rua de nossa cidade.

Ta na hora de secretários do governo municipal parar de tanta ciumeira uns com os outros, e começarem a pensar juntos, provocarem o dialogo com a sociedade organizada e com os poucos blocos existentes na cidade.

É preciso lembrar que o governo passa e o carnaval, a tradição e a festa de um povo ficam. Vai aqui minha sugestão: Contratar um trio elétrico de verdade (não caminhãozinho de som), e apenas duas bandas, e todos os dias o trio elétrico sai de um local da cidade e deixa que o fulião faça a festa atrás do trio elétrico, “ATRÁS DO TRIO ELETICO SÓ NÃO VAI QUEM JÁ MORREU”, como diz Caetano Veloso.

É preciso incentivar os blocos com premiação em dinheiro e troféus e colocar regras claras para provocar espírito de competição de bairros, escolas, universidade, grupos de amigos, que naturalmente criam os blocos, e sob a coordenação das secretarias de Turismo, Eventos e Educação se criaria uma liga carnavalesca com estatuto e tudo mais que for peculiar. Com isso os blocos viriam para avenida com suas alegorias, enredo, criatividade e seria uma atração cultural da nossa festa e logo após as apresentações teríamos a chegada do Trio Elétrico que proporcionaria um espetáculo emocionante tanto no visual como tecnicamente.

Para sairmos da mesmice, temos que pensar já o Poranfolia 2010.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Poranfolia/2009 na mídia e Batucão imaginário

A mídia do Poranfolia na tv ficou ótima, off com locução padrão. Por falar em off a locução da mídia do carnaval de Niquelandia, simplesmente esquisita para não dizer horrível. O locutor parece que esta agoniado e com dificuldade de pronunciar as ultimas frases do texto.
Voltando ao Poranfolia, mídia ótima, parabéns. Mas, têm uns caracteres dizendo SHOWS NO BATUCÃO TODAS AS TARDES. Alguém pode me dizer onde é o BATUCÃO, pois pelo que eu saiba, ele foi demolido quando da construção do Centro Cultural. Todos os dias passo próximo a área do PORANFOLIA, lá tem um palco quase pronto, um cercado, umas tendas para ser montadas e só.
Acho que o BATUCÃO é uma idéia imaginária, e temos que copia-la, por exemplo, como estou sem GRANA para o carnaval vou colocar água no corpo e imaginar tomando uma cerveja, imagina um baita som nos meus ouvidos e pular imaginando ouvir a composição de Ivan Ferreira,Homero Ferreira e Glauco Ferreira.

Ei, você aí!


Me dá um dinheiro aí!


Me dá um dinheiro aí!


Não vai dar?


Não vai dar não?


Você vai ver a grande confusão


Que eu vou fazer bebendo até cair


Me dá me dá me dá, ô!


Me dá um dinheiro aí!

Poranfolia/2009 na mídia e Batucão imaginário

A mídia do Poranfolia na tv ficou ótima, off com locução padrão. Por falar em off a locução da mídia do carnaval de Niquelandia, simplesmente esquisita para não dizer horrível. O locutor parece que esta agoniado e com dificuldade de pronunciar as ultimas frases do texto.

Voltando ao Poranfolia, mídia ótima, parabéns. Mas, têm uns caracteres dizendo BATUCÃO TODOS OS DIAS. Alguém pode me dizer onde é o Batucão, pois pelo que eu saiba ele foi demolido quando da construção do Centro Cultural. Todos os dias passo próximo a área do PORANFOLIA, lá tem um palco quase pronto, um cercado, umas tendas para ser montadas e só.

Acho que o BATUCÃO é uma idéia imaginária, e temos que copia-la, por exemplo, como estou sem GRANA para o carnaval vou colocar água no corpo e imaginar tomando uma cerveja, imagina um baita som nos meus ouvidos e pular imaginando ouvir a composição de Ivan Ferreira,Homero Ferreira e Glauco Ferreira.
Ei, você aí!
Me dá um dinheiro aí!
Me dá um dinheiro aí!
Não vai dar?
Não vai dar não?
Você vai ver a grande confusão
Que eu vou fazer bebendo até cair
Me dá me dá me dá, ô!
Me dá um dinheiro aí!

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

É fácil ser administrador serio

A cada dia percebe-se que se tornou comum o que não deveria ser. Carros oficiais nos fins de semana, circulando pelas ruas e avenidas das cidades.


Fico aqui brigando com minhas teorias, porque os senhores prefeitos, governadores e ate Presidente da Republica, não assumem de vez o papel para o qual o povo o elegeu. Administrar o patrimônio adquirido com o dinheiro dos impostos pagos por seus cidadãos.

Na minha cidade já vi acontecer fatos imorais de servidor publico. O cidadão trabalhava em um órgão estadual e nos finais de semana e feriados, utilizava o carro para suas pescarias e ate ir a feira fazer compras.

De repente, nas ultimas eleições este servidor se candidatou a vereador na cidade de Porangatu, e pasmem, conseguiu obter 0,93% dos votos válidos, ou seja, 217 votos, ainda bem que não foi eleito. Lembro-me que no horário eleitoral gratuito, radio e tv o mesmo teve a ousadia de falar em transparência e honestidade.

Seria tão bom se aquele que foi eleito para zelar do patrimônio do povo, desse o primeiro exemplo. É fácil, muiiito fácil, EXPEDIENTE ADMINISTRATIVO terminou, todos os carros na garagem do município ou órgão que lhe pertence. Dali, só sairia para compromisso oficial, registrado e assinado pelo responsável do setor e conduzido pelo motorista designado. Por que não se criar uma OUVIDORIA no sistema 0800, para que casos de abusos, fossem denunciados pelo cidadão e sem piedade punição para aquele que abusou da confiança do superior.

Sinceramente sou sonhador sim. Sei que isso parece utopia, mas minha parte como cidadão estou fazendo.

Amigo e amiga, quando você ver um carro com placa branca circulando pela cidade, fora do expediente ou compromisso oficial, saiba que eu e você estamos sendo lesados.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Empresarios e interresses 2 Itália 0

Ganhar dessa seleção da Itália é a mesma coisa que bater em bêbado. Mas, devem agora os empresários dos jogadores reservas de seus clubes na Europa, estão todos satisfeitos, afinal de contas, eles fizeram o que mandam os donos do passe.
Brasil e Itália, em Londres, somente para atender interesses das federações dos dois paises e os patrocinadores. Infelizmente, temos que continuar engolindo o aprendiz de treinador DUNGA.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Te cuida Dunga, Felipão tá desempregado

Confesso que vou torcer pela Itália hoje. Não sou antipatriota, aliás, esta seleção é Internacional Futebol Clube, seleção dos interesses de patrocinadores e empresários. A seleção brasileira que o Dunga vem convocando é para inglês ver. Gostaria muito de ver Guilherme(cruzeiro),Keirrison(Palmeiras),Kleber Pereira(Santos),Hernanes , Borges(São Paulo) e tantos outros que vem empolgando nos gramados da terra brasilis.
Dunga deveria talvez ser convidado a fazer parte da comissão técnica das seleções juniores do Brasil,assim ele aprenderia. Com este gaúcho vamos roer muitas unhas. AGORA, com Felipão iremos degustar de muito churrasco tchê.

domingo, 8 de fevereiro de 2009

QUE ISSO SINDICO/GO!

Uma imagem costuma valer mais do que muitas palavras.
Que isso SIDICOM/GO(Sindicato dos Trabalhadores em Comunicação). Estamos no ano de 2009 e fazer exposição desta forma.


No encontro de Porangatu, realizado no Centro Cultural,nem Data Show e nem Retroprojetor, pelo que eu saiba, vocês cobram dos participantes um valor de inscrição do curso para obter DRT. Vamos ser mais profissionais e utilizar as ferramentas modernas e necessárias. Fiquei envergonhado ao ver essa imagem no ORKURT. NOTA ZERO PARA ESSE TIPO DE EXPOSIÇÃO.