segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

NOTA MARCELO TOLER

Aos meus amigos e amigas,

Pela permissão que você me concede, tenho a obrigação de sempre lhe falar a verdade, nada mais que a verdade.

De forma antiética, a mesa diretora da câmara gestão 2009: reuniram-se e anexaram no mural da Câmara no dia 02 de janeiro de 2009, o decreto de EXONERAÇÃO dos servidores não concursados, como a casa estava em recesso e não satisfeitos soltaram a notícia por toda cidade, sem nos comunicar, oficialmente. Na segunda feira, dia 05de janeiro de 2009, é que nos avisaram da decisão já tomada.

Como é de conhecimento de todos porangatuenses, o hoje presidente da Câmara, já dizia que se fosse o presidente o primeiro ato da gestão, seria a DEMISSAO do ASSESSOR DE COMUNICAÇÃO, agora que realizou seu desejo, o ódio e o rancor passaram a imperar em seu coração, por não conseguir aliados favoráveis a tal atitude, resolveu dizer por toda cidade que o Marcelo destruiu todo sistema de Internet da Câmara, fato não verídico, pois, somente a Brasil Telecom tem acesso ao IP dedicado, nem eu mesmo tenho acesso.

Em relação aos programas de informática deixei funcionando e todos os CDs estão lá, antes de sair entreguei-os à Secretária Geral da casa, na sala da assessoria de comunicação.

As configurações desenvolvidas por mim, obra de pesquisas pessoais, pois, nunca tive remuneração por estas ações, não é justo que eu deixe todas as noites e fins de semanas de estudos de graça. Ganhava apenas o salário de assessor de comunicação.

Cabe ao meu sucessor a dar continuidade ao sistema, ou então, contratar alguém que possa desenvolvê-lo.

É triste ver uma pessoa como o Senhor Odair, líder religioso, pregador da palavra de Deus, com tanto rancor e ódio no coração, como dizia o saudoso PAPA JOÃO PAULO II: “O fanatismo religioso é um perigo para a sociedade moderna”. Não quero nem posso acreditar que o agora presidente da Câmara, seja um fanático religioso, pois, segundo o ditado popular as palavras convencem, mas, quem arrasta multidões é o TESTEMUNHO.

De minha parte saio sem nenhuma mágoa, e, francamente, agradecendo à Câmara Municipal de Vereadores de Porangatu por ter me dado oportunidades de apresentar meu trabalho de forma digna e respeitando a todos de forma igualitária, sem nenhuma distinção.

Continuo sendo Radialista, e, agora historiador, diplomado pela UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS, no qual defendi minha Monografia justamente, a história do Rádio em Porangatu.

Aos amigos e amigas, digo que o mundo político é assim mesmo, o desejo pelo poder de algumas pessoas trazem desejos em massacrar as pessoas sem ao menos respeitá-las.

Muito obrigado por tudo.

Os politicos são muito parecidos uns com os outros.

Já ouvir muito politico dizer, olha se eu chegar ao poder um dia,você vai ver como sou diferente. Como ja sou carimbado,rotulado e registrado, finjo sempre que acredito neles.

Porque será que eles acham que nos somos idiotas? Outro dia vi um vereador de minha cidade dizer,que estava comovido com minha saida da ascom da câmara, escutei e fiquei olhando para a cara do sujeito, contei ate dez,para não falar umas boas para ele; O proprio foi o primeiro a dizer nas reuniões secretas,que deveriam fazer uma limpeza,ou seja,tratando gente como se fosse lixo. Como muitos politicos precisam passar oleo de peroba na cara.

Tem que gostar para torcer.

O fluminense novamente decepcionou. Começamos o ano da mesma forma que terminamos, Flu estreia no Carioca com derrota para a CabofrienseDepois de fazer um 1º tempo arrasador, equipe perde por 3 a 1. Agora é aguentar as gozações dos adversários.