quarta-feira, 8 de abril de 2009

TEM ESPETÁCULO? TEM SIM SENHOR.

O espetáculo da morte e ressurreição de Cristo este ano contará com uma arquibancada para o publico que for assistir. A estimativa dos organizadores é de 10 mil pessoas. A peça será apresentada por artistas da cidade.
Agora seria interresante os organizadores observarem a questão da central de som, a tenda esta na frente da arquibancada e com isso atrapalha a visão das pessoas.

Estive pessoalmente fazendo as imagens fotográficas do local do evento. Verifiquei este detalhe, que é fácil de resolver.

Agora é esperar que a coordenação seja sensível e mude para o lado esquerdo, onde tem um corredor de acesso a pista, a tenda da central de som estaria bem localizado. Sucesso aos artistas, diretores, os envolvidos direta ou indiretamente neste belíssimo espetáculo realizado no interior de Goiás, cidade das belas paissagens, PORANGATU.



Um comentário:

Anônimo disse...

À luz da Fé em Cristo ressuscitado, a morte é o acontecimento que possibilita o nosso pleno nascimento.

Podemos dizer que a nossa vida tem sentido na medida em que vivemos para amar e vamos morrendo por amor, isto é, à medida em que nos vamos gastando pelas causas do amor.

O amor é, pois uma dinâmica de bem-querer que vale tanto para viver como para morrer. O amor é o único caminho que conduz à plenitude da Vida.

A plenitude da Vida acontece, pela entrada no regaço da Santíssima Trindade cujo coração é um diálogo permanente de amor onde cabe Jesus de Nazaré e, com ele, toda a Humanidade.

Como Árvore que nos dá o fruto da Vida Eterna, Jesus Cristo, no momento da sua morte e ressurreição, abriu-nos as portas do Paraíso.

É isto mesmo que Jesus diz ao Bom Ladrão no momento da sua morte e ressurreição:
“Em verdade te digo:”hoje mesmo estarás comigo no Paraíso” (Lc 23, 43).

Jesus, o Novo Adão, abre as portas que tinham sido fechadas a Adão (Gn 3, 23-24). A ressurreição de Cristo é a garantia de que a meta para a qual estamos a caminhar não é o vazio da morte, mas sim a Vida Eterna.

Na verdade, não basta a pessoa ser imortal para atingir a plenitude da vida, pois os que porventura estejam em situação de inferno são imortais, mas não possuem a Vida Eterna.
Por outras palavras, a Vida Eterna atinge-se mediante a ressurreição com Cristo.

Por Adão veio a morte, diz a carta aos Romanos. Por Cristo, o Novo Adão, veio a Vida Eterna (Rm 5, 18).

Na verdade que só ressuscita o que em nós é imortal. Mas a simples imortalidade não dá acesso à ressurreição em Cristo.

A Vida Eterna é conhecer Deus mediante a comunhão com ele em Cristo.